Em busca do diálogo

Notícias

Roberto Kupski toma posse como presidente de honra da Febrafite

Por Ascom Febrafite

postado em 19/08/2018 13:33 / atualizado em 19/08/2018 13:37


Presidente Juracy Soares e o presidente de honra, Roberto Kupski, após a assinatura do termo de posse

O auditor fiscal da Receita Estadual do Rio Grande do Sul, Roberto Kupski, tomou posse como presidente de honra da Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais (Febrafite), entidade que comandou por 16 anos, até março último, em solenidade realizada durante a Assembleia Geral Extraordinária (AGE) do Conselho Deliberativo da federação, nesta quinta-feira (16), em Brasília.

A honraria foi concedida pela atual diretoria, presidida por Juracy Soares, em reconhecimento ao trabalho prestado por ele ao longo de oito mandatos. Kupski também foi um dos idealizadores do Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado (Fonacate), colegiado que presidiu por dois anos.

O presidente da Febrafite, Juracy Soares, manifestou que a posse do presidente de honra representa um momento histórico, pois o colega Roberto Kupski é um “ícone” para o serviço público brasileiro, com reconhecimento internacional, juntamente com o auditor fiscal do Distrito Federal, Lirando de Azevedo Jacundá, que trabalhou ao lado de Kupski em oito mandatos. “Vocês construíram esta entidade, a qual é respeitada, ouvida e tem propostas para a melhoria do trabalho da administração tributária. Essa homenagem é o reconhecimento desse legado”, disse Soares.

O presidente da honra, Roberto Kupski, falou da emoção de estar novamente no ambiente da Assembleia Geral do CD da federação e manifestou do orgulho em ocupar tão importante cargo. “Não é fácil está à frente de uma entidade de classe como a nossa e prometo honrar plenamente este cargo”, disse. Ele agradeceu ao diretor Jurídico da entidade, José Caetano Melo, pela sugestão da homenagem ainda durante a AGE de eleição da diretoria atual, realizada em Fortaleza, em março deste ano.

Kupski também agradeceu a todos os integrantes da nova gestão pela aprovação unânime da criação do cargo e da “Medalha Roberto Kupski” que homenageará personalidades que se destacarem nas pautas defendidas pela entidade, a exemplo da valorização da administração tributária, qualidade do serviço público, dentre outras.

Ao longo de sua passagem pela Febrafite, Kupski dedicou atenção especial a temas como defesa da recomposição das dívidas dos Estados com a União e dos direitos previdenciários, cobrança pela qualidade do gasto público e combate à sonegação fiscal. O auditor é um dos idealizadores do Prêmio Nacional de Educação Fiscal, concedido anualmente a escolas, instituições e jornalistas que mais destacam a importância social dos tributos e de sua correta aplicação.

O coordenador-geral do Encontro de Coordenadores e Administradores Estaduais (Encat), Eudaldo Almeida, destacou a importância do trabalho das entidades do Fisco que se dedicam às causas sociais e as carreiras típicas de Estado, refletindo diretamente na sociedade. “Que continuemos com esse bom ambiente de trabalho integrado à sociedade. Esse também é o trabalho que fazemos no Encat, com a equipe valorosa dos nossos colegas coordenadores das Receitas Estaduais”, concluiu.

Reforma tributária

O secretário de Estado de Fazenda do Distrito Federal e integrante da carreira de auditor fiscal do DF, Wilson de Paula, prestigiou a solenidade. Ele desejou sucesso ao presidente Roberto Kupski, no novo cargo: “Parabenizo a Federação pela ideia de homenagear o Roberto. Nada mais justo. Trabalhamos juntos em várias frentes, conheço de perto sua dedicação e empenho para o fortalecimento do fisco em todo o país”.

Wilson citou que a federação possui grande importância para o Brasil e tem dado sua contribuição nas discussões e mobilizações do Congresso pela reforma tributária. “A reforma é algo que tem me preocupado bastante. Quais novas incidências virão? É preciso deixar claro que política pública a gente faz com orçamento, com receita efetiva. Precisamos pensar na manutenção dos níveis de receita de hoje. Temos de introduzir esse debate, pois algumas desonerações em curso podem resultar em baixas da arrecadação, futuramente”, reforçou o secretário.

“Recebi algumas propostas que estão em discussão no DF e tenho dito que faço o debate sobre a qualidade do gasto tributário, mas não discuto sobre o que considero suicídio da administração tributária. Estamos com gasto tributário para incentivar alguns tipos de energias que vão substituir o combustível fóssil, ou a energia elétrica produzida nos geradores que provoca uma baixa de arrecadação imediata? Então, precisamos fazer um debate sobre quais as novas incidências que virão daqui a cinco anos”, opina Wilson.

Já o secretário-executivo do Centro Interamericano de Administrações Tributárias (Ciat), organismo internacional com 40 países membros e com sede no Panamá, Márcio Verdi, enalteceu o trabalho da federação, que trabalha para o bem dos servidores públicos e do seu país. “Não conheço outra entidade no mundo com essa seriedade e capacidade de mobilização. E a Febrafite faz isso de forma que temos que aplaudir”, disse.

Sobre o momento atual de amplo debate sobre a reforma do sistema tributário brasileiro, Verdi, que é auditor fiscal aposentado da Receita Federal do Brasil fez um alerta: “A nossa reforma tributária não pode ficar só olhando a criação do IVA, ou focada em um único ponto. Precisamos aproveitar essa mobilização e avançar sobre outros temas do modelo atual, a exemplo da tributação sobre a renda, do patrimônio, entre outros.”

Homenagem

A Vip’s Corretora de Seguros, representada pelo presidente da empresa, Daniel Ahumada, e a diretora administrativa, Eronita Ferreira, homenagearam o presidente de honra Roberto Kupski pela parceria nos 16 anos de mandato e pela posse como presidente de honra.

Daniel Ahumada entregou uma placa para o presidente Roberto Kupski destacando sua dedicação, visão associativa e sinergia aplicada, que permitiram o pleno sucesso demonstrado pelo crescimento da própria federação e das suas entidades filiadas. “Podemos falar com orgulho que após todo o tempo decorrido, sua presença e atitude sempre acompanharam nossa filosofia, o que nos permitiu um crescimento conjunto”, diz trecho da placa.

Também prestigiaram a solenidade: a coordenadora nacional da Auditoria Cidadã da Dívida, Maria Lucia Fattorelli; o secretário-executivo do Sindicato Nacional dos Servidores do IPEA (Anfipea), Roberto Gonzalez; a presidente da Fenat, Lícia Rocha; o vice-presidente da Fenat e presidente do Sindifisco-DF, Rubens Roriz; o representante de Alagoas no Cotepe/ICMS, Marcelo Sampaio; a diretora da Divisão de Educação Fiscal da Escola de Administração Fazendária (Esaf), Lúcia Lumière; os jornalistas Sylvio Costa (Portal Congresso em Foco) e Vera Batista (Correio Braziliense); e o secretário-geral do Fonacate, Paulo Martins.

Copyright © FEBRAFITE - Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais - Todos os direitos reservados

by HKL