Em busca do diálogo

Notícias

ES: Auditores fiscais são homenageados na Ales

Por Wanderley Araújo | Ascom Ales

postado em 18/09/2019 10:19 / atualizado em 18/09/2019 10:19


Iniciativa foi da deputada Janete de Sá / Foto: Lissa De Paula

 

Doze auditores fiscais foram homenageados em sessão solene realizada na noite de terça-feira (17), no Plenário Dirceu Cardoso.  Iniciativa da deputada Janete de Sá (PMN), o evento celebrou o Dia do Auditor Fiscal da Receita Estadual (21 de setembro).

“É uma solenidade muito importante porque os auditores desenvolvem uma atividade de grande relevância, pois combatem a sonegação e ajudam a incrementar a arrecadação estadual”, destacou Janete de Sá. Ela pontuou que, sem as atividades dos fiscais da receita estadual, não haveria arrecadação suficiente para atender as demandas da sociedade.

Confira as fotos da sessão solene

Concurso de 1984

O presidente do Sindifiscal-ES, Carlos Camisão, explicou que, por meio de entendimento com Janete de Sá, houve a decisão de homenagear na cerimônia os aprovados no concurso da Receita Estadual realizado no ano 1984.

“Foi o maior concurso da história do fisco, promovido pelo ex-governador Gerson Camata, a quem somos muito gratos, porque ele consolidou a Receita Estadual, nomeando mais de 400 aprovados”, disse Carlos Camisão.

O sindicalista citou que os auditores continuam na luta por melhorias salariais e disse esperar que na atual gestão do governador Renato Casagrande esse assunto seja resolvido.

Conforme explicou, apesar de o fisco do Espírito Santo apresentar a maior produtividade no país, os servidores lotados no órgão são os que ganham o pior salário inicial: recebem  hoje R$ 12 mil, enquanto a média nacional é de R$ 22 mil.

Aumento da arrecadação 

O secretário de Estado da Fazenda, Rogelio Pegoretti, destacou que o empenho dos fiscais da receita capixaba foi indispensável para o acordo firmado com a Petrobras este ano e que resultou numa arrecadação de R$ 3 bilhões – metade entrando de imediato nos cofres públicos, e o restante programado para os próximos quatro anos.

“Esse ano houve também um único auto de infração pago por uma empresa no valor de R$ 58 milhões; e um crescimento recorde do ICMS de 15% comparado com o ano passado”, disse Pegoretti.

Ele acrescentou que o governador Renato Casagrande está atento às demandas dos auditores e, por saber da importância da categoria para a economia capixaba, tem o compromisso de atender as reinvindicações no que for possível quando houver condições para isso.

Homenagem a Camata 

Na solenidade houve um momento especial de entrega de placa numa homenagem póstuma ao ex-governador e ex-senador Gerson Camata, assassinado a tiros em Vitória em dezembro de 2018.

A importância de Camata na valorização dos auditores da Receita Estadual foi destacada em vários discursos na tribuna do Plenário Dirceu Cardoso. A viúva do ex-governador – ex-deputada federal Rita Camata – não pôde comparecer devido a problemas de saúde, mas foi representada pelo sobrinho e atual secretário de Estado de Controle e Transparência, Edmar Camata.

“Venho aqui agradecer, em nome da família, essa homenagem à figura do ex-governador Gerson Camata, que muito fez pelo povo capixaba e pela Receita Estadual. Isso nos orgulha muito”, afirmou Edmar Camata.

Homenageados 

  • Cleci José Oneda – auditor aposentado
  • Gerson Camata (in memoriam) – ex-governador e ex-senador do Espírito Santo
  • Herval Borini Cezarini – participou da definição do Modelo de Dados da NFe (Nota Fiscal Eletrônica) e EFD (Escrituração Fiscal Eletrônica)
  • João Antônio Nunes da Silva  – comanda a Primeira Turma de Julgamento da Gerencia Tributária.
  • Jocelino Antônio Demuner – auditor desde 1984, com trabalho de destaque na área de Tecnologia da Informação (TI)
  • Joel Salomão Fadlalah – Desde 1997 desenvolve atividades de atualização da legislação tributária estadual.
  • Lenita Ana Denadai – auditora aposentada.
  • Luiz Carlos Ferreira Pinto – auditor desde 1984, exerce atividades em Cachoeiro de Itapemirim
  • Marcelo Vinícius Borges Amista – faz parte do Conselho Deliberativo do Sindifiscal
  • Mauro Deserto Braga – auditor aposentado
  • Mônica de Araújo Saldanha – auditora aposentada
  • Paulo Mazzoco – auditor desde 1984, é coordenador do Núcleo de Estudos e Pesquisas da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz)
  • Pedro Ozeias de Souza – auditor aposentado

Copyright © FEBRAFITE - Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais - Todos os direitos reservados

by HKL