Em busca do diálogo

Febrafite

Menu

Notícias

Secretário promete nomear 120 auditores fiscais da Receita do DF

postado em 21/07/2021 9:15 / atualizado em 21/07/2021 9:15


Presidente da Aafit e do Sindifisco-DF, Rubens Roriz, secretário de Economia do DF, André Clemente, e os auditores Antônio Carlos Almeida e Valter Agapito

 

O secretário de Economia do Distrito Federal, André Clemente, assumiu o compromisso de nomear em outubro deste ano 120 auditores fiscais aprovados no concurso que está em fase de conclusão.  O anúncio foi feito em um almoço realizado na terça-feira (20) com o presidente da Associação dos Auditores Tributários do DF (Aafit) e do Sindifisco-DF, Rubens Roriz, e com os auditores fiscais Valter Agapito Teixeira e Antônio Carlos Dias Almeida.

O compromisso foi comemorado pelos dirigentes das entidades, pois o quadro de pessoal do Fisco do DF encontra-se defasado, com apenas 391 auditores na ativa, quando a lei estabelece um contingente de mil servidores na fiscalização da receita tributária da capital federal.

As últimas nomeações ocorreram nos anos de 2001 e 2002, ainda frutos do último concurso para a categoria, realizado pelo GDF em 1995. “Essa era uma pauta permanente das entidades. Os novos concursados vão construir uma nova história do Fisco distrital e contribuir para o desenvolvimento de Brasília, que passa pelo trabalho da arrecadação e fiscalização dos impostos”, comemora Roriz.

Durante o encontro, os dirigentes agradeceram ao secretário, que é integrante da carreira fiscal do DF, pela valorização da categoria durante a gestão do governo Ibaneis Rocha (MDB). Uma ação de destaque foi a regulamentação, desde o ano passado, do fundo Pró-Receita, que atribui ao auditor fiscal da Receita do Distrito Federal verba de natureza remuneratória limitado a 30% do maior vencimento da carreira e permite a modernização, o incentivo e o gerenciamento das atividades de fiscalização, lançamento e cobrança administrativa.

Roriz destacou ainda o trabalho do secretário para ampliar a verba de indenização de transporte e a gratificação de titulação, previstos para o próximo ano.

Ao final, André Clemente recebeu exemplar do livro “A Tributação das Organizações Religiosas no Brasil”, de autoria de Rubens Roriz, que também ocupa o cargo de vice-presidente da Febrafite, lançado no mês passado.

© Febrafite 2020

by HKL