Notícias

Comissão Técnica retoma atividades e define prioridades de trabalho para 2022

postado em 18/04/2022 15:25 / atualizado em 18/04/2022 15:28

A Comissão Técnica da Febrafite retomou suas atividades, na última quarta-feira (13), após pausa para fim de ano e eleição da Diretoria para o biênio 2022-24 da Febrafite. A retomada aconteceu em videoconferência coordenada pelo Presidente da entidade, Rodrigo Spada, e o coordenador da Comissão e Diretor de Estudos Tributários, Juracy Soares. A reunião contou com a presença de auditores fiscais de diversos Estados e do economista convidado Sergio Wulff Gobetti, coordenador do projeto Fiscal Data.

O presidente Rodrigo Spada apresentou aos novos integrantes da Comissão as principais diretrizes e temas prioritários para produção em 2022. Dentre os diversos temas que serão debatidos, destacam-se: Reforma Tributária – IBS, ITCD, IPVA; benefícios fiscais e transparência; cobrança e recuperação de créditos; arrecadação; Lei de Responsabilidade fiscal e finanças públicas; modernização das administrações tributárias e leis orgânicas.

Spada ressaltou a importância de a entidade entrar no debate político de forma técnica, dentro dos objetivos estratégicos da Febrafite, que passam pela defesa das prerrogativas, atribuições e o concurso público das carreiras fiscais; a afirmação da essencialidade das administrações tributárias e das receitas públicas; contribuir para o aperfeiçoamento do sistema tributário; fomentar a cidadania fiscal; e contribuir na formulação das políticas públicas econômicas e sociais.

“Opinião sobre o sistema tributário todos têm. Agora, trazer dados e números de forma qualificada, para um debate republicano e de interesse da sociedade são poucos, e esse é o nosso diferencial”, destacou Spada.

Além de Spada e Juracy, estavam presentes à reunião os auditores fiscais  Angelo de Angelis (SP), Fábio Verbicário (RJ), Jefferson Valentin (SP), Marco Couto (MG), Paulo Guaragna (RS), Rodrigo Frota (SP),  Sara Felix (MG),  Tolstoi Nolasco (BA), Ricardo Leitão (PA) e Rudson Bueno (DF). O próximo encontro está agendado para quarta-feira, dia 20, às 17h30, e até o fim de abril a Comissão Técnica estará aberta para novos integrantes indicados pelas Associações Filiadas à Febrafite.

Ao final, o economista Sérgio Gobetti apresentou o andamento do Fiscal Data, um monitor fiscal que trará um simulador da reforma tributária, mensuração das renúncias fiscais, análise da performance da arrecadação dos estados, dentre outros. O projeto conta com o apoio da Febrafite e outras entidades do Fisco e será lançado em breve.

Leia também:

Copyright © 2022. Associação Nacional das Associações de Fiscais de Tributos Estaduais - Todos os direitos reservados.