Em busca do diálogo

Febrafite

Menu

Notícias

Bahia é eleita para receber o Congresso Luso-Brasileiro de Auditores Fiscais 2022

Por Ascom Febrafite

postado em 08/11/2021 15:28 / atualizado em 08/11/2021 20:31


Evento internacional acontecerá no período de 12 a 15 de junho na Bahia no ano em que o Brasil comemora 200 anos da independência

Em disputada apertada, três estados se apresentaram para receber o 6º Congresso Luso-Brasileiro de Auditores Fiscais: Rio Grande do Norte, Tocantins e Bahia.  Na campanha para conquistar os votos do Conselho Deliberativo da Febrafite, reunido em Cumbuco (CE) na última sexta (5), os presidentes das filiadas à Febrafite Edilson Oliveira (Asfarn), Jorge Couto (Audifisco) e Marcos Carneiro (IAF) se empenharam levando um farto material sobre as belezas naturais, a cultura e a infraestrutura dos respectivos estados.

Após a votação, o resultado bem equilibrado confirmou a disputa acirrada, porém amistosa como é característica da Febrafite.  No ano em que o Brasil vai celebrar os 200 anos da Independência, a Bahia, foi escolhida para receber o 6º Congresso Luso-Brasileiro de Auditores Fiscais.

O evento é realizado anualmente, sendo uma edição no Brasil e outra em Portugal, com o objetivo de promover a integração, o intercâmbio e a qualificação dos auditores fiscais, além de debater temas fiscais e políticos na perspectiva do desejável desenvolvimento econômico, da melhoria do ambiente de negócios, da segurança jurídica e, especialmente, da busca pela justiça fiscal e do desenvolvimento social.

O Congresso-Luso Brasileiro de Auditores Fiscais é realizado pelas maiores entidades dos Fiscos do Brasil (Febrafite, Sindifisco Nacional e Unafisco Nacional) e de Portugal (Associação Sindical dos Profissionais da Inspeção Tributária e Aduaneira – APIT).

A sexta edição do Congresso acontecerá no período de 12 a 15 de junho de 2022 e terá como entidade anfitriã, pelo Fisco Estadual, o Instituto dos Auditores Fiscais do Estado da Bahia (IAF). ” No ano em que o Brasil comemora 200 anos da independência, esse será, sem dúvida, um momento oportuno para debatermos assuntos de interesse das Administrações Tributárias e da classe fiscal, especialmente nosso papel na consolidação da nossa independência, e vamos  ouvir o que pensam renomados especialistas e representantes do cenário político nacional”, destaca o presidente do instituto, Marcos Carneiro.

© Febrafite 2020

by HKL