O que pensam os presidenciáveis sobre a Reforma Tributária e as Carreiras de Estado
abre menu 2

Notícias

Presidência da República de Portugal atribui Alto Patrocínio ao Congresso Luso-Brasileiro de Auditores Fiscais e Aduaneiros

Compartilhar

postado em 12/04/2018 17:02 / atualizado em 12/04/2018 17:02


A terceira edição do Congresso Luso-Brasileiro de Auditores Fiscais e Aduaneiros, realizado pela Febrafite, a Apit (Associação Sindical dos Profissionais da Inspeção Tributária e Aduaneira) e a Law Academy, conquistou nesta terça (10), a chancela de “Alto Patrocínio de Sua Excelência, O Presidente da República Portuguesa”, Professor Doutor Marcelo Rebelo de Sousa.

A chancela do governo português tem como objetivo promover, incentivar e mobilizar o país e os cidadãos perante os desafios e as oportunidades de Portugal. É também uma contribuição do presidente da República para a concretização de ideias consideradas primordiais, que possam impactar o futuro do país.

Para o presidente da Apit, Nuno Barroso, o Alto Patrocínio representa o reconhecimento da importância e pertinência aos temas do Congresso Luso-Brasileiro de Auditores Fiscais e Aduaneiros, e da sua relevância nacional e internacional. “A programação temática visa debater assuntos no âmbito da Inspeção Tributária e Aduaneira, promover a troca de experiências profissionais, informações entre os fiscos, além de propostas e desafios que promovam e aprofundem a busca de justiça fiscal”, esclarece.

O presidente da Febrafite, Juracy Soares, recebeu a notícia sobre a conquista do apoio do governo português ao evento com satisfação e orgulho. “Sem dúvida, o Congresso deu um novo salto que estimulará a participação de autoridades brasileiras e colegas do fisco”, comemorou Soares.

Histórico

O Congresso Luso-Brasileiro nasceu em 2016 com o objetivo de promover a integração, o intercâmbio, a qualificação e debater temas atuais no âmbito desta fundamental atividade do fisco para o Estado, envolvendo as Administrações Tributárias do Brasil e de Portugal.

O evento conta com o apoio de organismos internacionais, órgãos governamentais, além de outras entidades nacionais do fisco brasileiro, que se reúnem em um momento único, pesquisadores e professores universitários do mais alto nível, para investigar e debater os desafios da investigação criminal fiscal; as prerrogativas dos profissionais do fisco e sua difícil relação com os contribuintes, no dia a dia do exercício da atividade, entre outros temas.

Saiba mais sobre a terceira edição que acontece nos dias 28 a 30 de maio, no centro de Congressos da Alfândega do Porto, na página oficial do evento: http://apit.pt/3_congresso/

 

 

 

 

Copyright © FEBRAFITE - Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais - Todos os direitos reservados

by HKL